CAFÉS

Dos 300 hectares da fazenda, 180 são dedicados ao cultivo de café Arábica, das variedades Icatu (Vermelho e Amarelo), Catuaí (Vermelho e Amarelo) e Mundo Novo. A produção é completamente rastreada e segue rígidos padrões de sustentabilidade.

A colheita é inteiramente mecanizada, o que traz rapidez e agilidade ao processo. Após colhidos, os cafés são processados em equipamentos de última geração e levados ao terreiro para secagem ao sol. A secagem é finalizada em secadores rotativos, que garantem a homogeneidade de secagem e a preservação da qualidade dos grãos.

A Fazenda Santa Jucy produz 2.000 sacas de cafés especiais, entre naturais e cerejas descascados, com perfis de qualidade complexos. São lotes e micro lotes de cafés de altíssima qualidade, além de varietais únicos que refletem a paixão por produzir cafés com qualidade e responsabilidade.

Em 2013 ainda na primeira safra da fazenda, o cereja descascado (CD) da Santa Jucy já alçou o 2° lugar no Concurso de Qualidade do Café de São Paulo; Já em 2015 a Santa Jucy foi enfim coroada como o melhor café CD no mesmo concurso, representando assim o estado de São Paulo no concurso nacional da ABIC. A saca deste café foi adquirida por valor recorde jamais visto em outras edições deste concurso.

A Fazenda Santa Jucy se orgulha de oferecer a seus clientes uma seleção de cafés realmente especiais: os varietais Icatu Amarelo, Catuaí Vermelho, Mundo Novo e Icatu Vermelho. São cafés diferenciados, de origem única, cujo processamento específico por variedade lhe confere características excepcionais, raramente encontradas em blends.

2019 © Fazenda Santa Jucy • GSB2 Propaganda